30.JANEIRO.2014 - DEGUSTAÇÃO TÉCNICA - RESTAURANTE CABANA DEL PRIMO

A Associação Cearense dos Amantes do Vinho (ACAV) promoveu, em sua reunião de janeiro, no Cabaña Del Primo, em Fortaleza, degustação técnica para eleger, às cegas, o melhor entre três rótulos italianos.

 

Entre as apreciações, o vinho tinto Case Ibidini Nero D’Avola se destacou e foi eleito, por pontuação as cegas , o melhor da noite.  Com aroma de frutas vermelhas,  o rótulo descende da Sicília (na província de Ragusa), uma região que revolucionou a produção de seus vinhos e agora desponta no mercado mundial. O Case Ibidini é fabricado com 100% de uvas Nero d’Avola, conhecido como "O Príncipe da Viticultura Siciliana” e sinalizado como um dos vinhedos mais difundidos na região. Segundo o Presidente da ACAV Danilo Arruda ,  a NERO D’AVOLA, também chamada Calabrese, muito comum em Ragusa e Siracusa, é sem dúvida a mais interessante, dando vinhos potentes e de  muito caráter, com bom potencial de envelhecimento, alguns monovarietais outros cortados com as internacionais Syrah e Merlot. Outra uva tinta muito interessante é a FRAPATTO, que dá vinhos vigorosos e frutados, para serem bebidos jovens,  além da NERELLO CAPUCCIO,  e da NERELLO MASCALESE, muito plantada nas encostas do Etna e na província de Messina.

 

O  Barbera D’asti Valfieri (2007) na segunda colocação da noite o vinho se apresentou com bastante força, aromas de frutas com madeira integrada, lembrou um pouco couro, dando para sentir toques de pimenta. Na boca apresentou muito sabor, corpo médio para tânico, persistente e com muita acidez. É para comidas bem temperadas, fortes, gordurosas. Em suma, vinho para a mesao vinho se apersentou com bastante força, aromas de frutas com madeira integrada, lembrou um pouco couro, dando para sentir toques de pimenta. Na boca apresentou muito sabor, corpo médio para tânico, persistente e com muita acidez. É para comidas bem temperadas, fortes, gordurosas. Em suma, vinho para a mesa

 

Em 3º lugar figura o rótulo Dolcetto D’alba Valfieri (2009), produzido na mesma Vinícola do segundo colocado, um vinho que pede comida, frutado e intenso.

Com perfume agradável, o vinho harmoniza com aves, massas ao sugo, massas com molho de carne e queijo.


Fotos by Nilton Araújo.

Voltar