NOVA ZELÂNDIA

 

As Regiões e Suas Variedades
Praticamente três quartos dos vinhos da Nova Zelândia são de uvas brancas, predominantemente varietais franceses, com algumas uvas alemãs. O Chardonnay é o vinho branco mais produzido, seguido pelo recém famoso Sauvignon Blanc, embora estas posições possam ser invertidas num futuro próximo. O Muller-Thurgau, Riesling e um pouco de Gewürztraminer, Pinot Gris, e Sémillon são outras variedades brancas presentes.

Para os tintos, a Pinot Noir é a variedade mais importante, que produz um grande número de vinhos e é a onda do futuro, projetada para ganhar o mesmo tipo da atenção para Nova Zelândia assim como a Shiraz fez na Austrália. Em volume e importância a Pinot Noir é seguida por Merlot e Cabernet Sauvignon. Os novos vinhedos de Syrah, de Malbec, de Cabernet Franc e mesmo de Zinfandel e Pinotage serão mais opções no futuro.

A situação referente às uvas nas duas ilhas:

ILHA NORTE
Auckland - Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Muller-Thurgau
Gisbourne - Chardonnay, Müller-Thurgau, Gewürztraminer
Hawke's Bay - Chardonnay, Cabernet Sauvignon, Merlot, Sauvignon Blanc, Müller-Thurgau
Wellington (Martinborough) - Pinot Noir, Chardonnay, Riesling

ILHA SUL
Marlborough - Sauvignon Blanc, Chardonnay, Pinot Noir, Müller-Thurgau, Merlot, Riesling
Nelson - Chardonnay, Sauvignon Blanc, Pinot Noir, Riesling
Waipara - Pinot Noir, Sauvignon Blanc, Chardonnay
Canterbury (ao redor de Christchurch) - Chardonnay, Sauvignon Blanc, Riesling, Pinot Noir
Central Otago - Pinot Noir, Gewürztraminer, Riesling

 

 

 

 

 

◄ Voltar